Sopa combina com vinho?

O tempo começa a esfriar e junto vem uma vontade de tomar sopa, e aí surge uma pergunta comum aos enófilos: sopa combina ou não com vinho? A pergunta tem uma razão de existir, pois de um modo geral, a alta temperatura da sopa que se toma no inverno e sua textura às vezes ardilosa podem complicar a combinação.

A este respeito, o amigo e expert na bebida de Baco, Nelson Luiz Pereira, sugere em seu excelente blog (vinhosemsegredo.wordpress.com) que não se deve desperdiçar um grande vinho com sopas. “Vinhos complexos, elegantes e delicados, se perderão entre as colheradas de um caldo fumegante. Vinhos de bom teor alcoólico resistem mais à alta temperatura remanescente na cavidade bucal, justificando a opção pelos fortificados”.

Ao fazer a combinação temos como em toda harmonização prestar atenção no elemento principal da receita, depois, ater-se bem à temperatura de serviço do vinho. Sopa extremamente quente torna impossível qualquer combinação com vinho (temperatura ideal de consumo da sopa em torno de 45 graus Centígrados). Caso queira usar um branco ou rosado tranquilos (não fortificados) estes não devem ser degustados tão frios como se faz geralmente, de modo a evitar um contraste intenso na boca. Usando tintos, opte por uma temperatura de 17 a 18 graus Centígrados, aí o contraste com a temperatura será menor. Aprendi com amigos enófilos da boa terrinha que se a escolha recai em um vinho branco dê preferência a um da Bairrada e se for tinto, vá de um Dão, levemente frutado.

Para que possa vencer este desafio enogastronômico – arte de combinar vinho e comida – é muito importante, como dito anteriormente, prestar atenção na textura, assim como no sabor predominante da sopa. Sabemos que há sopas muito cremosas de sabor delicado e algumas ralas de sabores intensos, daí a questão ser ardilosa.

Porém, nada melhor que uma boa sopa e vinho para aquecer o corpo e a alma. Deixe de lado as mentiras a respeito deste delicioso prato: “sopa é para velho”, “sopa é para doente” ou “sopa é para pessoas que moram em países de clima frio”. Vejam o vídeo do amigo Carlos Cabral sobre “Sopas e vinhos para aquecer a alma”. (https://www.youtube.com/watch?v=GGqHE1iYsEQ)

As sopas podem variar no sabor (picante, leve ou encorpada) e na temperatura (quente ou fria), e em outros textos que virão vamos sugerir os vinhos que combinariam melhor com as sopas mais tradicionais em nosso meio.

Santé!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s