Os desafios da mudança

Gostaria de continuar falando sobre o mesmo tema que fechamos o nosso blog ano passado: “Mudar ou não mudar, eis a questão!”

E começaria parafraseando a música de Sandy, “Vâmo pulá!”, então “Vâmo mudá!”.

O intuito de parecer um pouco repetitivo é o de reforçar a necessidade de processarmos mudanças ao longo de nossa vida. Para quê mudar? Já dizia Heráclito, considerado um dos filósofos pré-socráticos mais importantes: “Nada existe de permanente, exceto a mudança”. Ele também dizia: “Nada é imutável, tudo flui, estamos em constante movimentação” e “Tudo acontece por causa do conflito e da necessidade”.

A mudança muitas vezes é temida pelo medo de perdas da situação vivida, porém sem as perdas é impossível ganhos. “Não é possível ganhar nada, sem perdas”. Já repeti isso em muitos momentos (artigos, livros, palestras, etc), fruto de aprendizado com meu guru, Wolber de Alvarenga. Aí vai uma dica de um livro imperdível: Perdas Necessárias de Judith Viorst, lançado no Brasil em 2005, pela editora Melhoramentos. Uma de suas pérolas é a citação que “Para crescer temos de renunciar a muita coisa. Pois não se pode amar profundamente alguma coisa sem se tornar vulnerável à perda”.

5e7fbb5ae477351ab7be94f159e14615f893317a

Teme-se também na mudança, além de perdas e da necessidade de se despojar de algo, o medo da imprevisibilidade que ela acarreta. Podemos dizer que há um grande medo pessoal e social à imprevisibilidade. A pessoa evoluída é imprevisível então, o que a família, a escola e a igreja fazem com esta pessoa imprevisível? Através de recompensas e punições ela torna o criativo em impotente, meio – morto. Não morto suficiente para não produzir e não vivo suficiente para criar. Viver não é repetir, viver é criar. O ser humano quando criativo é um revolucionário.

Podemos ilustrar muito bem o descrito acima pela poesia de Rita Barreto:

poema

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s