Saúde, sexualidade e namoro

Belo-CasalNa busca de uma vida com saúde a sexualidade é fundamental.  A qualidade da sexualidade se reflete na qualidade de vida das pessoas. A própria Organização Mundial da Saúde (OMS), coloca a sexualidade saudável como um dos indicadores de qualidade de vida de uma população.

Existe uma relação importante entre o estado de saúde da pessoa e sua sexualidade. Devemos entender saúde não apenas como ausência de doenças, mas sim como orienta a OMS: “Um estado de completo bem-estar físico, mental e intelectual”.

A saúde sexual é importante para a qualidade de vida. Se você tem problemas sexuais, não tenha vergonha em pedir ajuda, pois atualmente os especialistas oferecem opções efetivas de tratamento. Saiba que, quanto mais cedo você buscar ajuda, maiores serão as chances de resolução.

Por outro lado, devemos entender que a sexualidade é mais do que prática de relações sexuais. Sexualidade envolve afeto, comunicação, carinho e prazer. Assim, sexualidade saudável é, por definição, algo prazeroso e seguro, tanto físico como emocionalmente.

Embora milênios de mitos, tabus e preconceitos tenham definido a sexualidade que temos hoje, podemos assegurar que homens e mulheres sabem da importância que a sexualidade ocupa em suas vidas, mesmo que seja pelo peso que carregam para exercer sua sexualidade plena ou privar-se dela.

Grande parte dos problemas da sexualidade se apresenta fisicamente, funcionalmente, mas, a maioria provém dos relacionamentos frustrantes, da afetividade malcuidada, da falta de compreensão entre os cônjuges e do baixo ou nulo investimento do casal no namoro. Portanto, investir no relacionamento e no namoro é a grande descoberta para a retomada da sexualidade plena e é também fundamental para a eficácia dos tratamentos e medicamentos.

O namoro é milagroso para a sexualidade e, além de tudo, faz bem à saúde!

A vida atual impôs a mulher múltiplas jornadas de trabalho: como profissional, mãe, esposa, dona de casa, exigindo que sua capacidade de desempenho desses múltiplos papéis seja esgotada diariamente. Junto com essas atividades a mulher moderna também incorporou ou ampliou hábitos ruins: alimentar-se inadequadamente, fumar, ingerir bebidas alcoólicas em demasia, dormir pouco e conviver com trânsito caótico e a violência das grandes cidades, colocando-a hoje em igualdade de condições com os homens em relação aos riscos de infarto do miocárdio e outras doenças cardíacas após os 40 anos de idade.

Mesmo consciente de que é melhor prevenir do que remediar, a imensa maioria das pessoas não costuma investir na saúde como condição para ter agora e sempre uma qualidade de vida. E nesse aspecto, os homens, particularmente, não costumam cuidar preventivamente de sua saúde.

shutterstock_278648120

Para dimensionar esta situação, apresentamos abaixo alguns números levantados em nossas pesquisas quando coordenei um projeto em SP, sobre “Sexualidade com Qualidade”, junto com a instituição SABER. Os dados foram obtidos antes da realização de palestras em SP (capital e algumas cidades do interior) e RJ (capital) com milhares de homens, considerando apenas aqueles com 35 anos ou mais:

→ De 2058 homens, 454 (10,38%) referiam possuir alguma dificuldade sexual.

→ Especificamente, 140 (3,27%) declararam sofrer algum grau de disfunção erétil (DE).

→ Entre os homens que diziam ter alguma dificuldade sexual, apenas 87 (12,07%) relataram ter procurado ajuda médica.

Por que só 12,07% desses homens procuraram ajuda médica? Há muitas explicações culturais que podem justificar um fato que é evidente: em nossa sociedade, os homens procuram ajuda médica com muito menor freqüência do que as mulheres.

Tanto para os homens quanto para as mulheres, a evidente tendência de uma vida mais longa deve vir junto com a busca de qualidade de vida e bem-estar sempre, de modo que além de garantir mais anos de vida, possamos garantir mais vida aos anos!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s