“Mil dias na Toscana” de Marlena de Blasi – Dez “pérolas”

mil-dias-em-toscana-marlena-de-blasi-19881-MLB20178057237_102014-O

• “A vida é uma ópera que precisa ser interpretada com gritos, lamentos e, apenas de vez em quando, risos”.

• “O amor é um tango muito pessoal”.

• “Diz que adora o som grave que uma rolha faz quando é puxada, guiada para a liberdade. Sua mãe uma vez disse que abrir garrafas de vinhos era como dar à luz”.

• “Apenas o misterioso é eterno. Prefiro sentir esta vida a me tornar tola o suficiente para acreditar que a possuo. A única maneira de estar segura é entendendo que a segurança não existe”.

• “Algumas pessoas têm medo da alegria”.

• “Talvez a vida seja a busca pelo sabor. Não apenas o sabor de um alimento, mas, de um momento, de uma cor, de uma voz – o sabor do que podemos ouvir, ver e tocar”.

• “Cozinhar e viver têm muito em comum”.

• “Mas sei que não é possível segurar a água do mar com as mãos ou consertar a lua. A vida não é nada mais nem menos do que alguns breves passeios pelo parque, uma ou duas voltas em torno da fogueira”.

• “Que a vida é um mistério maravilhoso e aterrorizante”.

• “Assim como um gole de uma bebida forte abre espaço para mais comida, uma risada abre espaço para o resto das lágrimas”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s