Mitos e Verdades

A Morte dos Mitos

1 – A masturbação não vai tirar o lugar do seu amado nem o seu lugar ao lado dele. Segundo especialistas, na maioria dos relacionamentos, a masturbação é parte saudável do sexo. Estudos comprovam que quanto mais você faz sexo, mais vontade tem e isso inclui a masturbação também. Por isso, é um mito acreditar que esse prazer é solitário, um recurso derradeiro. A idéia é manter o motor ligado.

2 – É um mito acreditar que o ato sexual é sempre bom ou sempre ruim. Hábitos sexuais são cíclicos. Antes de diagnosticar que a relação está com sérios problemas, tire um minuto para avaliar o seu estilo de vida e os hábitos diários. É hora de pensar nas circunstâncias que contribuíram para o sexo ser bom e as que transformaram esse momento mágico em algo… sem graça. E, se você não vive sem a sua novela ou o futebol, grave e veja depois. Depois do sexo.

3 – Não é um mito que o álcool possa diminuir o prazer. Estudos mostram que enquanto uma ou duas taças de vinho deixam o casal mais solto e aberto para o amor, qualquer gota a mais pode atrapalhar a concentração e a coordenação, dificultando a ereção, no homem, e o orgasmo, na mulher. É bom localizar o seu limite e não ultrapassá-lo, senão você pode determinar que a noite termine junto com o drinque.

4 – É possível que haja alguma insegurança pós-sexo. Porém, pensar muito durante o sexo não é bom e pior ainda é ficar paranóico depois. Conversar sobre o que pode ser melhorado deve ser feito com carinho. Metralhar a cara-metade com um questionário de inseguranças não leva a lugar nenhum. Ou melhor, tira a vontade de ficar na cama e acaba intoxicando a relação.

5 – É um mito acreditar que depois que a mulher tem seu primeiro filho desinteressa-se pelo marido. O imediato estabelecimento de laços da mãe com o bebê é vital para a saúde física e emocional da criança. As necessidades do bebê são urgentes e não podem ser adiadas, mas os adultos podem esperar a sua gratificação. O desafio é encontrar algum tipo de equilíbrio, de modo que ninguém se sinta prejudicado.

6 – Selecionar a priori o tipo de homem ou mulher ideal é um mito. É preciso conseguir ver a pessoa em carne e osso. A pessoa pode exagerar nos pontos em comum com o ideal que criou na sua mente e desprezar características que não se adaptam ao figurino. Com isso, está condenando a relação ao fracasso. Na verdade, as pessoas se sentem atraídas por quem tem qualidades que julgam não possuir e acham que, ao se aproximar dessa pessoa, vão conquistar esses atributos de forma mágica. Mas, à medida que a intimidade aumenta e a atração diminui, começam a pensar melhor e concluir que a qualidade que tanto admiravam não existe.

7 – Algumas pessoas acham que se não fingirem adorar absolutamente tudo o que um e outro fazem na cama perderão a autoconfiança e o prazer, o que é um mito. Então, fazem de conta que estão se deliciando com posições e atitudes que não lhes dizem nada ou, o que é pior, até desagradam. Quando afinal criam coragem para dizer a verdade, têm dois problemas em vez de um, o que gerou a mentira e a possibilidade de o outro achar que foi feito de bobo. Falar abertamente sobre sexo na cama é difícil, mas deve-se tentar sempre. Os homens ficam inibidos e as mulheres embaraçadas por tocar no assunto. Se o outro não souber realmente o que você está sentindo, como será possível a satisfação?

8 – Um dos erros mais comuns na procura de um companheiro é o julgamento apressado. Se o interesse não surge logo, é um mito acreditar que ele não vai aparecer nunca. Com o tempo, nada impede que vocês passem a compartilhar pensamentos e sentimentos, criando laços emocionais e mentais muito fortes, o que acende a paixão. Nesse caso, a atração é baseada muito menos na aparência e muito mais na essência das coisas. Por isso, pode ser mais verdadeira que a paixão à primeira vista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s