Orgasmo feminino é importante?

09.08-SemVergonhaSim, com certeza! O orgasmo feminino tem que ser valorizado, e deve ser observado como um direito de todas as mulheres. Porém, quando passa a ser visto como obrigação e como sinônimo de prazer sexual, vira complicação. Neste caso, a satisfação sexual estaria mais associada ao resultado do que à entrega (ao jogo sexual), e assim o “fim da festa” ganha mais atenção que a experiência completa. O mundo moderno é um mundo de resultados e a visão do orgasmo pelas mulheres é o reflexo disso.

As mulheres vivem, e não podem aceitar “um regime ditatorial” com relação ao sexo e desempenho na cama. Com relação à “ditadura do orgasmo” (orgasmocracia) em que o direito passou a ser obrigação, ela deixa de curtir adequadamente o brincar, comprometendo o envolvimento afetivo e sexual com o parceiro. Vale ressaltar que nem toda relação sexual tem que ser orgástica. O que tem que existir é prazer que não se restringe ao orgasmo. Existem outros prazeres como olhar, ouvir, tocar, relaxar… Toda mulher deve sim tentar ter orgasmo, e quando não consegue deve procurar ajuda em terapia sexual. Porém, deve saber também que a satisfação sexual e a felicidade não têm necessariamente a ver com o orgasmo. Repito: a pressão de ter o orgasmo  dificulta ainda mais a experiência orgástica.

A mulher na modernidade usufrui de sua liberdade sexual, aproveita o direito ao prazer e conhece melhor o próprio corpo. Com a queda de barreiras morais e o advento da pílula anticoncepcional, o sexo erótico ganhou força na vida delas, e elas deixaram de focar apenas em seu corpo estético e higiênico.

Hoje, dia 31 de julho é considerado o “Dia Mundial do Orgasmo”. Independente dos questionamentos da validade ou não de se ter um dia especial ao orgasmo, podemos aproveitar o momento, e conscientizar as mulheres da necessidade de uma sexualidade segura e prazerosa. Lembrando sempre que prazer sexual vai além de se ter ou não orgasmo.

Finalizo o texto lembrando uma das “pérolas” do meu saudoso guru, o poeta Wolber de Alvarenga: “orgasmo é a campainha de final da festa”. A festa pode ser boa, mesmo que a campainha não toque.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s