Os melhores de 2014 – espumantes, fortificados e sobremesa

Começo a listar agora “Os Melhores Vinhos de 2014”, inicialmente em três categorias, sempre colocando em cada uma delas os 10 mais, destacando (em negrito) o primeiro deles.

Caso queira saber mais sobre este enfoque leia em nosso blog o artigo Os melhores vinhos de 2014”.

OS 10 MELHORES VINHOS ESPUMANTES/CHAMPAGNES

A lista de os “os 10 mais” nesta categoria está em ordem alfabética e o MELHOR DA SÉRIE é colocado em negrito.

1604

1.  Dom Pérignon Brut 2002
Safra excepcional. Ainda se mostra jovem em seus 12 anos de vida.

3885

2. Dom Pérignon Rosé Brut 1996
Gastronômico até a alma. Pode deixar na adega caso o tenha.

1486

3. Don Ruinart Brut 2002
Um delicioso Blanc de Blancs. Vivacidade e cremosidade incríveis.

Processed with Moldiv

4. Ferrari Perlé Brut 2007
O “Melhor Espumante do Mundo” em recente concurso do famoso Tom Stevenson.

Celler

5. Gramona Celler Batlle Gran Reserva Brut 2002
Top da Gramona – vinícola tradicional da Catalunha, mostra potência e juventude.

1145

6 . Gramona III Lustros Gran Reserva Brut Nature 2006
Os Cavas da Gramona são afinados, bem no estilo de um champagne.

2829

7 . Louis Roederer Cristal Brut 1990
Encorpado e de uma pureza incrível. Intensos e complexos aromas.

3977

8 . KRUG BLANC DE BLANCS CLOS DU MESNIL BRUT 1990
Despertou sentimentos tipo “amor para sempre”.

3830

9. Krug Vintage Brut 1990
Leve oxidação (estilo) e parece se encontrar em seu auge.

1659

10. Quinta das Bágeiras Bruto Natural Grande Reserva 2002
Excepcional borbulha bairradina do craque Mário Sérgio Alves Nuno.

OS 10 MELHORES VINHOS DE SOBREMESA (EXCETO FORTIFICADOS)

A lista de os “os 10 mais” nesta categoria está em ordem alfabética e o MELHOR DA SÉRIE é colocado em negrito.

1876

1. Alois Kracher Nouvelle Vague Grand Cuvée Trockenbeerenauslese Nr 6 2004 (Áustria)
Blend de Chardonnay e Welschriesling. Intenso, e ao mesmo tempo delicado. Glorioso!

Processed with Moldiv

2 . Avignonesi Vin Santo Occhio di Pernice 1997 (Itália)
Segunda vez que o provo e não há como não ficar encantado. Soberbo!

1509

3. Château Doisy Daëne L’Extravagant 1997 (França)
Untuosidade dos grandes vinhos botritizados. O L’Extravagant 2003 entrou na final.

Processed with Moldiv

4. Château d’Yquem 2001 (França)
Safra lendária! Um d’Yquem histórico, objeto de desejo de enófilos do mundo todo.

3852

5. Château d’Yquem 1990 (França)
Provar um Yquem de safra antiga é sempre mágico.

Processed with Moldiv

6. HERMANN DONNHOFF OBERHAUSER BRUCKE RIESLING EISWEIN A.P. #23 2003  (Alemanha)
Ouro na forma líquida. Um vinho doce que beira a perfeição!

3853

7. Michel Chapoutier Hermitage Vin de Paille 1990 (França)
Seduz pela sua untuosidade, perfume intenso e fantástico equilíbrio. Fenomenal!

Processed with Moldiv

8. Sine Qua Non Atlantis Fe 203 2A 2005 (EUA)
O nome é confuso (como quase todos da vinícola), porém, seus vinhos são divinos, como é o caso deste Grenache.

3984

9. Zind Humbrecht Clos Jebsal Turckheim Selection de Grains Nobles Trie Spéciale Pinot Gris 1994 (França)
Poderoso e concentrado, bem no estilo da vinícola. Um néctar dos deuses!

3854

10. Zind Humbrecht Heimburg Turckheim Gewurztraminer Vendange Tardive 1990 (França)
Um dos melhores produtores do mundo. Vinho com “gosto de quero mais”.

OS 10 MELHORES VINHOS FORTIFICADOS

A lista de os “os 10 mais” nesta categoria está em ordem alfabética e o MELHOR DA SÉRIE é colocado em negrito.

IMG_5225

1. Cossart Gordon Centenary Solera Bual 1845 (Portugal)
Da comemoração dos 100 anos da mais antiga marca de vinhos da Madeira.

4019

2. D’OLIVEIRAS BOAL 1908 (Portugal)
“The 1908 is magic in a bottle”. Concordo totalmente!

3959

3. El Maestro Sierra Vinos Viejos Palo Cortado (Espanha)
“La excelencia a través del tiempo”. Lema de bodega tradicional de Jerez (1830).

1535

4. Fonseca Porto Vintage 1997 (Portugal)
Um dos melhores de todos os tempos. Opulência e complexidade!

1896

5. Marco de Bartoli Marsala Superiore 1986 (Itália)
O principal produtor a reavivar Marsala como um vinho artesanal. Belo Marsala.

IMG_5221

6. Massandra Red Port Crimea 1945 (Ucrânia)
Um vinho feito durante a Segunda GGM. Estilo Porto com a uva Mourvèdre.

1505

7. Niepoort Porto Vintage 2011 (Portugal)
Novinho demais, mas simplesmente delicioso. Rico e poderoso!

3015

8. Taylor Fladgate Porto Vintage 1994 (Portugal)
Um dos maiores desta casa tradicional e exclusiva de vinhos do Porto! Mítico!

Processed with Moldiv

9. Tradicción Oloroso Añada 1970 (Espanha)
Uma das poucas casas de Jerez autorizada a fazer añada. Raro Jerez, intenso e refinado.

IMG_5229

10. Wiese & Krohn Reserva Particular 1900 (Portugal)
Um Colheita de uma casa com ampla expertise neste estilo. Lendário!

Aguarde, para semana que vem os “dez mais” nas categorias de vinhos brancos – Borgonhas (considerados os melhores do mundo) e não Borgonhas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s