Os melhores vinhos de 2014

Seguindo uma tradição de mais de dez anos, venho elaborando uma lista dos melhores vinhos que degustei no ano que passou, publicando-a no primeiro mês do ano seguinte. Comecei a colocá-la em uma coluna do Jornal Estado de Minas, de minha responsabilidade – In Vino Veritas -, e depois passei a divulgá-la em meu blog http://www.vinhoesexualidade.com.br.

Eu tenho muita sorte de vir degustando uma quantidade significativa de grandes vinhos ao longo dos últimos anos, graças à generosidade de muitos amigos. E, em 2014, isso se repetiu, trazendo enormes dificuldades em elaborar uma lista dos melhores. Graças a Deus!

Abraham Lincoln afirmou certa vez que “uma das melhores partes da vida de uma pessoa está nas suas amizades”, e posso dizer que a este respeito sou uma pessoa privilegiada. Quando alguém me pergunta: “você ficou rico com a medicina?” Sempre digo que de amizades sim, acentuadas, mais ainda, quando comecei a “passear” pelo mundo da bebida de Baco. Minha riqueza de amigos por este mundo afora é incalculável.

Aos amigos generosos em propiciar-me momentos de alegria, a minha gratidão eterna. São Francisco dizia que a alegria abre o coração, a tristeza o fecha. Posso afirmar que compartilhada, que é a intenção do momento, a alegria é multiplicada.

Ao longo dos anos percebo que os vinhos que me oferecem momentos de maior alegria não são frutos apenas de seus aromas, sabores e visão, mas sim, sentidos com o coração. E, neste caso, todo o entorno em que o bebemos – companhia de amigos (as), da família, dos pratos que estão harmonizando, razão do encontro, dentre outros -, conta e muito na hora de selecionar os melhores vinhos do ano.

E afinal, qual foi o meu melhor vinho em 2014? Já que o texto é de minha autoria, concedo-me a liberdade de citar três e não um, pois todos eles tocaram meu coração com intensidade máxima. São eles: Domaine Romanée Conti La Tâche 1978, Château Margaux 1990 e Château Lafite-Rothschild 1959.

para-blog

Desta vez proponho apresentar “Os melhores de 2014”, em série de “Os dez mais”, inicialmente “Espumantes/Champagnes”, “Vinhos de Sobremesa (exceto Fortificados)” e “Vinhos Fortificados”. Depois, “Vinhos Brancos do Mundo (exceto Borgonha)” e “Vinhos Brancos da Borgonha”. Finalmente, “Vinhos Tintos de Bordeaux”, “Vinhos Tintos da Borgonha”,”Vinhos Tintos do Rhône”, “Vinhos Tintos Italianos”, “Vinhos Tintos Ibéricos – Espanha e Portugal” e “Vinhos Tintos do Mundo (exceto as regiões anteriormente citadas)”.

Gerson Lopes

Editor do blog http://www.vinhoesexualidade.com.br

Anúncios

2 comentários sobre “Os melhores vinhos de 2014

  1. Pingback: Os melhores de 2014 – espumantes, fortificados e sobremesa | Vinho e Sexualidade

  2. Pingback: Os melhores de 2014 – vinhos brancos | Vinho e Sexualidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s