Meios de Comunicação e Sexualidade na Adolescência

“Vocês, pessoas sentadas aí, noite após noite. Vocês estão começando a acreditar nesta ilusão que nós estamos tecendo aqui. Vocês estão começando a acreditar que a tela é a realidade e suas próprias vidas são irreais. Essa é a loucura das massas.”

                                                                                                                                             (Howard Beale)

o-BOYS-WATCHING-TV-facebook

 

O sexo tem sido intensamente explorado pelos meios de comunicação, principalmente nos últimos 30 anos, tanto com a finalidade de alcançar picos de audiência como de fazer marketing de produtos variados. Neste texto, proponho analisar apenas o papel da TV.

A TV ainda é um dos principais comunicadores de massas da atualidade. consequentemente educa, cria padrões e dissemina informações. Infelizmente, um meio com tal capacidade tem sido usado freqüentemente de maneira inadequada, gerando deseducação, repetindo padrões irreais e omitindo e/ ou deturpando informações.

Definitivamente, a TV transformou-se em importante fonte de deseducação sexual para adolescentes, pois veicula o sexo com pouquíssimas referências à contracepção e doenças sexualmente transmissíveis (DST), além de passar mensagens como “os adultos não planejam sexo” e “os adultos não usam contraceptivos”.

Uma reportagem publicada pelo National Council of Womem diz que a imagem de “macho” passada pelos heróis televisivos, como James Bond, reforça os papéis sexuais estereotipados e contribui para a precocidade das relações sexuais, bem como atuam a favor do sexismo (discriminação entre os sexos) e da dupla moral. Ao que parece a TV contribui para a precocidade da iniciação sexual no adolescente, pois acentua o sentimento de que “todo mundo está fazendo isso”.

o-HBO-GO-ADS-facebook

O que fazer? Maria Helena Gouveia nos diz que desligar os aparelhos não é a solução, e sim que “discutir o que é realidade e o que é ficção é muito enriquecedor. Se, de um lado a influência dos meios de comunicação no desenvolvimento da sexualidade pode ser maléfica, de outro, é de grande abertura para o diálogo e a aproximação entre pais e filhos. A invenção é extraordinária. Como usá-la é o complemento, e é indispensável”.

Entretanto, não podemos nos esquecer que, se a TV e outros meios de comunicação ocuparam esse espaço, é porque ele estava vago. A família precisa retomar o seu papel de verdadeiro educador para o amor e sexualidade de suas das crianças e adolescentes, assim como a escola tem que refletir qual é realmente seu papel como fonte de educação e não apenas transmissora de conhecimentos. A informação clara, verdadeira, desmistificada dentro de um contexto de afeição e compreensão é a nossa principal arma contra os danos que os meios de comunicação podem provocar.

o-FAMILY-WATCHING-TV-facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s