Tudo sobre vinhos brancos

 

Na produção do vinho branco, as peles e polpas são separadas do suco. Este é que entra no tanque ou barril de fermentação, na maioria das vezes com controle automático da temperatura (ideal entre 15 e 18 graus Celsius). Conforme os teores de acidez obtidos, decide-se ou não pela segunda fermentação (maloláctica) quando o ácido málico (mais agressivo) transforma-se no ácido láctico (menos agressivo). Filtra-se o vinho para retirar impurezas e, finalmente, processa-se a guarda (a garrafa fica um tempo na cave da vinícola) e/ou comercialização. Ao contrário do que se pensa, alguns vinhos brancos podem ser de longa guarda (adega). No entanto, isso não acontece com a maioria deles, que devem ser bebidos imediatamente após serem lançados no mercado ou, no máximo, dois anos depois.

vinho-branco

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s